O que escrever na primeira carta?

maio 31, 2021

Você é novo no mundo postal e não sabe como começar ou o que escrever na primeira carta? Se liga nessas dicas:

Fale sobre você

Uma das melhores coisas ao trocar cartas é conhecer outras pessoas. A pessoa que vai receber sua carta quer saber mais sobre você. Comece a primeira carta se apresentando. Confira essa lista que eu preparei com algumas coisas que você pode escrever em uma primeira carta:

- Diga seu nome: como gosta de ser chamado, se tem algum apelido.

- Sua idade e sua data de nascimento: eu tenho o costume de sempre mandar algum cartão de aniversário ou uma lembrancinha para os correspondentes quais eu tenho uma conexão maior, por isso eu gosto de saber quando é o aniversário das pessoas com as quais eu troco cartas.

- Sua cidade: pode falar sobre onde você nasceu ou onde você mora atualmente, contando como é morar ai e quais são os principais pontos turísticos.

- Sua ocupação: você estuda? você trabalha? está desempregado? é dona de casa? Conte sobre isso!

- Com quem você mora: você pode falar se mora com seus pais, se tem irmãos, qual seu estado civil.

- Animais de estimação: pode falar também se tem pets e quais seus animais favoritos, e se você tiver uma impressora, é uma ideia bem legal incluir uma pequena foto dos seus bichinhos junto a sua carta.

- Seus hobbies: escreva sobre o que você gosta de fazer no seu tempo livre, pode ser sobre o que gosta de assistir, o que gosta de ouvir ou seus outros passatempos.

- Suas paixões: você gosta de viajar, cozinhar ou tem alguma outra coisa que você considera sua paixão? Fale sobre.

- Suas preferências: fale sobre quais suas cores preferidas, seus ídolos, se gosta de algum personagem, sua preferência por gênero ou tipo de música, filmes ou livros, etc.

- Seus sonhos e metas: conte sobre quais seus sonhos e metas que você quer alcançar nos próximos meses ou anos.

- Sobre como você entrou para o mundo postal e a quanto tempo troca cartas.

- Descreva um pouco do momento atual: por exemplo, vou descrever como eu me encontro nesse momento que eu estou escrevendo esse post: “eu estou sentada na minha cama, com meu pijama, são 21:35 da noite, o notebook esquenta meu colo nessa noite de começo de outono, onde o termômetro marca 19º”. Quando você leu essa frase onde eu descrevi o momento atual, você não começou a imaginar essa cena? Então, se for do seu estilo descrever coisas, descreva o momento atual em suas cartas.

- Conte como anda a sua vida atualmente e comente os eventos recentes: fale o que você sentir a vontade, por exemplo “ontem a noite eu pedi uma pizza para comer com minha irmã” e então você pode falar sobre quais comidas você gosta ou descrever mais sobre essa experiência, como o que vocês assistiram enquanto comiam a pizza, o que beberam, qual era o sabor da pizza, etc. Também pode contar como foram eventos recentes, como Natal, Páscoa, etc. Compartilhe sua vida, a outra pessoa vai amar ler e saber sobre isso.

Não tenha medo de fazer perguntas simples e “bobas”, pois no começo é assim mesmo. Com o passar do tempo você vai conhecendo mais a pessoa e você verá que a conversa começa a fluir com muita naturalidade. Na primeira carta procure ser sucinto nas informações, você não precisa dar tantos detalhes, mas é importante não deixar de contar coisas sobre você. O processo de se corresponder com outra pessoa é uma troca.

Ao escrever uma carta é muito importante puxar assunto e demonstrar interesse pelo o que a pessoa fala. Se na última carta a pessoa falou sobre, por exemplo, uma prova importante (ou qualquer acontecimento que seja), quando você estiver escrevendo a sua carta de resposta, em algum momento, pergunte “e como você se saiu na prova que você fez?”. Sempre demonstre interesse na vida do outra pessoa e faça perguntas. Não escreva uma carta no estilo “monólogo”, onde você só fala sobre você e não comenta nada do que a pessoa escreveu. No mundo postal não tem nada pior do que desinteresse, acredite em mim.

Evite também escrever uma das famosas “cartas bilhetes”, onde a resposta é curta e rasa, sem profundidade nenhuma, parece que a carta foi escrita em 5 minutos… Dedique um tempo ao responder a carta de uma pessoa e lembre-se: escreva a carta que você gostaria de receber.

Escreva suas cartas sempre à mão, pois esse é o charme da troca de cartas. Se por algum motivo você não puder escrever sua carta à mão e precisar enviá-la digitada, informe ao seu correspondente no início da carta seus motivos, porém não torne isso um hábito. Mais uma vez eu repito: envie a carta que você gostaria de receber.

Quando enviar uma carta, se possível, avise seu correspondente nas redes sociais, e quando receber, avise também, pois tem pessoas (como eu) que anotam tudo em um caderno pra ter um controle maior do que foi enviado, recebido e até mesmo do que foi perdido no meio do caminho pelos Correios e reenviado ou reescrito.

Não se esqueça de colocar data na sua carta, de assinar e se possível, colocar seu username no Instagram (ou da plataforma onde você e a pessoa mantém contato).

Mais posts para você:
O que enviar em uma carta?
Onde encontrar correspondentes?
Mailtags: O que são e como fazê-las? (+ Lista de Perguntas!)

Lembre-se: sempre existe assunto para escrever uma carta. Sua vida pode não ser muito agitada, mas você vive todos os dias, não? Às vezes eu mesmo conto coisas do tipo “essa semana não aconteceu muita coisa, fui no mercado, limpei a casa, etc”. Se você não tiver um assunto recente para escrever em sua carta, conte sobre duas experiências e vivências. Compartilhe curiosidades sobre sua vida ou histórias e fatos inusitados.

A coisa mais importante em uma carta é a carta. Se você não tem muitos artigos de papelaria ou não sabe fazer decorações bonitas e sofisticadas (como as que se veem por ai pela internet), não se preocupe. Se dedique em escrever uma carta bem escrita e caprichada e eu tenho certeza que a pessoa que receber vai amar. Os famosos “mimos” que são enviados juntos com as cartas não são mais importantes do que a carta em si.

A troca de cartas é para ser uma coisa leve e divertida. Evite cobranças demasiadas e seja sempre gentil, pois quando a pessoa receber sua carta, pode ter certeza de que você tornará o dia dela muito melhor.

Eu espero que eu tenha conseguido ajudar você a ter um norte e se guiar sobre o que e como escrever em carta. Se surgir alguma dúvida, não deixe de entrar em contato comigo pelos comentários ou pelas minhas redes sociais.

Até a próxima! 

Mais posts para você:

0 comentários

Curta nosso Facebook

Siga nosso Twitter